domingo, 27 de março de 2016

30 de agosto de 2014

Foi em 30 de agosto de 2014 que comecei este blog. Sem pretensões, como eu dizia naquela época, ainda magra, mas passando por uma depressão enorme. Depois o blog ficou esquecido e eu voltei em 2015 com alguns posts, ainda piores.... nessa época eu trabalhava em uma agência, meu médico já não me dava mais bola e eu estava péssima. Tão ruim que fiz a bobagem pela primeira vez na minha vida de parar de tomar toda medicação.

Obviamente que não foi uma escolha acertada, pois a depressão piorou, os pensamentos suicidas vieram e eu tive uma das piores crises da minha vida. Tive que ficar dois meses sem trabalhar. Não conseguia pensar, cuidar dos meus filhos, fazer nada, muito muito muito pior do que estou hoje. Minha sorte na época foi pensar que meu chefe era gente boa. Ele me deu dois meses pagos para eu me cuidar (e quando eu voltei ele me mandou embora, gente finíssima).

Mas eu estava mals, e levei mais de dois meses para voltar a funcionar novamente, e agora sem emprego. Por sorte eu tinha um cliente por conta própria que pagava o básico das minhas contas, então não foi tão desesperador como está sendo agora.

Mas pensar que já estamos em abril de 2016 e nada mudou. Continuo doente, sem conseguir trabalhar. Continuo tendo melhoras tênues, daquelas que pluft, piscou, passou. Continuo como se o tempo tivesse congelado há dois anos e nada tivesse acontecido. Mal vivi nesses dois anos. Continuo igual. Continuo, continuo, continuo....

As pessoas lá fora vivem, se frequentam, veem os amigos, saem trabalham, namoram, vivem! E eu aqui continuo doente.

Fazer o que?