terça-feira, 14 de julho de 2015

Recomeçar pela milésima vez

Ter depressão é aprender a recomeçar de novo. E de novo. E de novo. E quando você acha que já está vivendo bem, levar uma rasteira, cair no fundo do poço, ver uma luzinha e... recomeçar. Over and over and over again.

No comecinho da semana passada senti uma melhora. Foi bom, mas assustador ao mesmo tempo. Significava recomeçar. É como aprender a andar de novo. Voltar a se alimentar direito. Se exercitar. Ser sociável. Parece fácil, mas não é.

Passei de totalmente sedentária em dois meses, sem praticamente sair da cama.... e fiz três aulas de yoga e duas caminhadas em seis dias. Foi muito difícil. Olhar no espelho. Ver como estou fora de forma (de novo). Como minha sociabilidade ainda está falha..... acho que fui muito rápido e no sábado tive um ataque de pânico no meio da aula de yoga. Estava sem remédio, e até chegar em casa e me medicar.... fiquei horas passando mal - aprendizado: andar SEMPRE com remédio na bolsa.

Ontem voltei a trabalhar. Foi um dia longo. Minha cabeça não respondeu direito... tinha centenas de e-mails para ler, assuntos para me inteirar.... saí do escritório exausta, a cabeça explodindo. Mas consegui. O dia passou. A noite chegou. Mantive minha dieta. Tomei minhas medicações. Não consegui me exercitar, mas não adianta tentar fazer tudo de uma vez.

Meu objetivo agora é conseguir atingir um nível mais saudável de vida, tanto saúde física quanto mental, para evitar que as crises de depressão e de pânico voltem. 

Sinto falta de amigos. Mas... enfim, a vida segue.